Mudanças vem aí. Novos modelos de cartão de crédito estão chegando

Mudanças vem aí. Novos modelos de cartão de crédito estão chegando

image

Crédito da imagem: mobills.com.br

Olá, Srs. Passageiros, bem-vindos a bordo! Na semana passada, falamos como a inteligência artificial nos ajuda no dia-a-dia e, além disso, nos ajuda a combater fraudes no turismo! Você pode ler o post clicando aqui.

Hoje, diretamente da torre de controle do SafeGuard, falaremos sobre algo novo no mercado: o cartão virtual lançado pelo Itaú. É isso aí, você leu cartão virtual! Vamos as explicações.

Como funciona?

O cartão tem uma validade a partir da emissão, que é feita pelo app do ItauCard, de 48h. Ele serve para compras na internet de um modo geral. A partir do momento gerado ele serve para uma única compra.

O cartão virtual necessita que o cliente tenha um cartão físico atrelado a conta e ele terá o mesmo limite do físico.

image

Fonte: O cartão

Show de bola, e qual o problema resolvido?

Um grande percentual das fraudes acontece porque o cartão de uma pessoa é clonado e os fraudadores pegam o número para realizar diversas compras. Muitas vezes, os usuários não tomam o devido cuidado e com o cartão virtual, mesmo que o fraudador consiga o número, ele será inválido por já ter sido utilizado.

Outros Bancos já utilizam tecnologias parecidas

O Banco do Brasil já tem algo parecido, é o Ourocard-e que proporciona o cliente pagar pelo celular a compra. Mas para isso é necessário ter máquinas com a tecnologia NFC.

Outro exemplo de tecnologia parecida é usado por uma das maiores empresas de segurança do mundo, a Gemalto, fazendo um cartão de crédito com um código válido por 20 minutos. Dessa forma, quando for realizar uma compra e inserir o código de segurança do cartão, ele nunca será o mesmo, e o código pode ser visto tanto em um aplicativo do próprio cartão.

Agora estamos com permissão de vôo e iremos decolar. Vemos você no próximo post!